Sunday, June 10, 2007

The 10th June...

Day of Portugal, Camões and the Portuguese Communities
"Erros meus, má fortuna, amor ardente
Em minha perdição se conjuraram;
Os erros e a fortuna sobejaram,
Que para mim bastava amor somente.
Tudo passei; mas tenho tão presente
A grande dor das cousas que passaram,
Qua as magoadas iras me ensinaram
A não querer já nunca ser contente.
Errei todo o discurso dos meus anos;
Dei causa a que a fortuna castigasse
As minhas mais fundadas esperanças.
De amor não vi se não breves enganos.
Oh! Quem tanto pudesse, que fartasse
Este meu duro Génio de vinganças!”
in " Os Lusíadas"by Luís Vaz de Camões

3 Comments:

Blogger Patrícia said...

Hi teacher! I missed to write in your blog, in our blog ;) (these days I only see biology, but I found these minutes to do it)

I don't know if you had seen the slide that I posted in my blog, but I want to invite you too see it, because it's also for you..

Love,
*Kisses*

9:25 am  
Blogger Cátia said...

"E também as memórias gloriosas
Daqueles Reis, que foram dilatando
A Fé, o Império, e as terras viciosas
De África e de Ásia andaram devastando;
E aqueles, que por obras valerosas
Se vão da lei da morte libertando;
Cantando espalharei por toda parte,
Se a tanto me ajudar o engenho e arte." (Lusíadas, canto I)

Muitas vezes acho que as memórias dos grandes feitos é tudo o que nos resta... mas quando vejo grandes pessoas a triunfar por esse mundo fora, a serem "embaixadores" de Portugal e da nossa lingua, então tenho esperança... Temos que ter esperança que não existam pessoas a triunfar só lá fora (apesar de o querer fazer também)... Que todos juntos possamos contribuir, nos nossos trabalhos, nas nossas vidas, para um Portugal maior e melhor.

Obrigada pelo post, é muito bom ler Camões, grande poeta e tantas vezes esquecido. O comentario saiu em Portugues, achei fazia todo o sentido... Vou passando.

Beijinhos

12:36 pm  
Anonymous Flávia Cunha said...

"Cessem do sábio Grego e do Troiano
As navegações grandes que fizeram;
Cale-se de Alexandro, e de Trajano,
A fama das vitórias que tiveram;
Que eu canto o peito ilustre Lusitano,
A quem Neptuno e Marte obedeceram.
Cesse tudo o que a Musa antiga canta,
Que outro valor mais alto se alevanta." (Lusíadas, canto I)

10 de Junho é oficialmente Dia de Camões, de Portugal e das Comunidades Portuguesas.
Luis Vaz de Camoes faleceu a 10 de Junho de 1580 e esta data é utilizada para relembrar os feitos passados.

Há que relembrar estes feitos e a sua grandiosidade... E é por isso que deixo esta minha pequena lembrança aqui no blog...

2:30 pm  

Post a Comment

<< Home